26 de dezembro de 2014

Um ano depois...

Um ano depois tive necessidade de aqui vir…

Ainda não desisti do blog, já estive para o fazer, mas a dada altura durante este ano "ensinaram-me" e eu lá cheguei á conclusão que ele servia para algo, guardar os meus sentimentos, aqueles que me custam partilhar, aqueles que andam aqui a "magoar", aqueles que eu pensava ter aprendido a lidar. Mas não…
Desculpas com a altura do ano?? Quem me conhece, sabe bem que eu quero é ver o Natal pelas costas. Desculpas com o trabalho?? Pois quem sabe…mas acho que não, acho que o problema é aqui a menina que não sabe bem o que anda aqui dentro…ando saudosa, melancólica, chata como a putaça, implicativa, a precisar de mudança, a precisar de mãe e pai ( mas aqui nada a fazer ), mas acima de tudo de uma voz que me diga, larga tudo e vai embora…segue os teus sonhos, sê livre. Manda tudo pró caraças...

Pois…

Quem me conhece sabe que sou uma merda, digo o quero e quando quero, sem pensar nas consequências, mas também sabe que sou outra merda, largo tudo para ajudar e fazer alguém feliz  e acima de tudo isso realiza-me enquanto ser humano.

Decisions…

O vir aqui para mim não é bom…é uma bela bosta, é pensar que mais uma vez preciso de aqui vir, de me refugiar nestas palavras, e vai haver alguém que me vai f**** a cabeça e já o estou a ver a ligar e perguntar, " o que se passa?" pois bem me ajudou a encontrar resposta para "viajar" e a resposta vai ser, olha nada…apeteceu-me, e foi isso mesmo, apeteceu-me, pois estes dias de merda que não passam dão cabo da minha pouca sanidade mental.
Felizmente que vou desligar uns dias…DESLIGAR…vou-me imaginar drunfada e em modo zen, pode ser que assim que entre em 2015 em modo de virar a página…o que for será!!

E passado um ano continua a ser Algures Por AÍ… :)

Até daqui a uma ano, espero!!!! Com menos asneiradas pelo meio…e também acho que já não sei escrever, nunca soube ;)



21 de janeiro de 2014

Forma de viver

Ando "distraída" e por isso não tenho escrito nada aqui, é bom??? Acho que sim, mas hoje achei por bem passar por aqui só para partilhar um sentimento, uma forma de viver com a saudade.

Nunca vou deixar de as sentir, mas não posso que elas "dominem" a minha vida, o meu dia-a-dia, e por isso hoje ao "visitar" um blog que leio diariamente apercebo-me que há muitas mais pessoas como eu, que não se querem deixar "dominar" pela saudade, pela ausência e como tal, há maneiras e formas de respeitar aqueles de quem nós sentimos saudades, maneiras nossas tal como já escrevi algumas vezes.

Não há formas correctas ou menos correctas de viver a vida, de viver o luto, por isso esta vai ser a minha…não deixar que a ausência, a saudade, domine a minha vida, esta é a minha forma de viver e não acho que esteja a ser egoísta, a vida continua e não pudemos viver agarrados ao passado.
Acho que deva celebrar a vida, fazer rir quem eu amo, sorrir, cantar, pintar….tal como eu fazia e acho que seria assim que eles queriam eu continuasse nesta passagem.

E viver assim é só uma forma de os ter comigo, de os respeitar, homenagear…de os lembrar, os meus pais :)

Algures POR AÍ… :))


5 de outubro de 2013

20 anos...uma vida!!!

Quando ouvia alguém dizer que familiar tinha falecido á 20 anos pensava, " bem já passou tanto tempo que as saudades e o sentimento de falta não deve ser tão grande quanto uma pessoa que perdeu alguém á meia dúzia de anos" pensava eu!!!!!
Hoje faz 20 anos que perdi o meu pai, 20 anos!!!!! 
Desapareceu da minha vida muito rápido para que uma miúda de 18 anos percebesse bem o que se passava á sua volta. 
Lembro-me de tudo, até acho que é quase perturbador pois todos os pormenores estão na minha memória, todos os momentos da notícia, dos dias que se passaram, das palavras das pessoas, do jantar em casa da Zaira nessa noite...e depois...nada, tudo se apagou, não tinha interesse, nada fazia sentido, ou seja, tinha perdido o rumo, o meu porto de abrigo, o meu pai.
O meu amigo partiu e comigo ficou a saudade a vontade de o ter comigo naqueles momentos que tanto nos dava prazer, ou seja, estarmos somente juntos e nos rirmos das banalidades das coisas.
Hoje ao comprar flores, e enquanto falava com as pessoas amigas que mas vendem, eu dizia, "bem amanhã faz 20 anos que o meu pai faleceu e parece que foi ontem", e o engraçado é que parece mesmo e as saudades são sempre as mesmas ou maiores, e ouço o seguinte, " pois eu acho que quanto mais tempo passa, maior é a saudade" e não é que é mesmo!!!!! Para quem está ao lado e me ouça a dizer, 20 anos, pode pensar tal e qual como eu pensava, a saudade e a ausência ultrapassa-se, mas sabem que mais??? Mentira. A saudade aumenta e com a idade queria muito o ter ( e a minha mãe ) ao meu lado para me verem sorrir e chorar...era sinal que cá estavam...
Por isso só me resta dizer, até qualquer dia pai e mãe...Algures POR AÍ... :))

No paraíso onde vocês estão sempre comigo...Tahiti :)

29 de agosto de 2013

Saudades de fotografar

Tenho saudades de fotografar...

Na viagem ao Tahiti e quando estava á espera da entrada do swell grande na ilha não me continha de euforia e pensar, vou encher a barriga de tanta fotografia boa, pois...
No dia 01 de Junho lá nos levantámos com as galinhas, literalmente, e fomos até Sapinus, um pico "longe" de Vairão, onde ficámos, e o que em Portugal 53 Kms se faz em meia horita, no Tahiti demoras hora e pouco pois aquele povo não anda a mais de 50kms/hora!!!!
Já lá tinha estado , no dia em cheguei e noutros dias a checar o mar, mas esse dia o ambiente estava bem diferente, o que era uma lagoa, naquele dia virou um misto de correntes, ondas pequenas e onde os mais pequenos surfavam e curtiam á brava...daí nem imaginar o que estava para lá do reef.
Aquela lagoa parecia uma auto estrada em hora de ponta, aquilo eram motas de água a trazer e levar pessoal, pessoas de paddle a remar para fora, BB a chegarem exaustos tal era a cara de sofrimento e contentamento, e nisto o meu coração começa a bater a mil pois o senhor meu esposo foi para lá, para aquele circo que eu nem imaginava, só quando vi o vídeo mais tarde, mas pela chegada do helicóptero parado em cima do pico ( pico esse que não se vê da enseada onde eu me encontrava, ou o que restava dela, tal era a força do mar ) comecei a bater mal e a pensar " bem com tanto barco, este pessoal batido nestas ondas a chegar com cara de quem levou porrada, aquilo deve estar bonito deve ".
Eu com a minha querida "menina" e com a amiga lente lá ia espreitando para ver se via uma licra amarela, e ao fim de 3 horas lá o vi bem longe e respirei...sim, porque estive 3 horas de olhos fixos no mar...poisei a "menina" para perguntar, tás bem???...quando de repente do nada surge um enchio e só vejo a "menina" a ser arrastada mas em segundos apanhei-a...a amiga  lente impecável mas o resto, ai o resto, ficou ensopada, encharcada, eu sei lá...e tive uma coisa má...pensei, amanhã vou para Teahupoo e não tenho máquina!!!!!!!!!!!!!! ##$%#%#$#&$&#$&&#

E assim foi, no segundo dia do grande swell lá estávamos nós dentro de um barco, a ver ALTAS ONDAS, ALTOS TUBOS,  e a tirar fotos com quê?? Com uma máquina "boazinha" á prova de água, com a GO PRO e com o Iphone ahahahaahahah

Conclusão, tenho saudades de fotografar...

A paz sempre presente, mesmo quando ali pertinho partiam ondas de 5-6m

O que deveria ser uma lagoa...

Meio de transporte bem por cima do pico...tal era o circo :)

Não estão bem a imaginar a corrente onde este senhor estava...


Podem ver o que eu tentei descrever neste vídeo...pequenino que estava...e numa das ondas ainda se vê uma licra amarela a furar...uma pequena montanha de água.
Melhor ainda, não dá para descrever nada, nem este vídeo mostra o animal que é aquela onda, só mesmo quem lá esteve pode explicar...agora resta-me fazer um certo e enorme investimento! Máquina nova precisa-se!!!!!
Mauruuru Taihiti, por tudo...

Algures POR AÍ... :))


19 de julho de 2013

Saudades tuas Tahiti

Não ando com disposição para escrever no blog e tenho desculpa...nostalgia. Saudades do Tahiti...

Quando vi esta casa disse, " quero envelhecer aqui "

Só de rever, doi na alma...saudades


Era sempre assim...azul, muito azul...


A bela paisagem de Teahupoo


Olhar a fera depois da surfada

Quem vai a Teahupoo tem de tirar a foto da praxe


E não ponho mais fotos para poupar a minha sanidade mental...e a vossa!! :)

Algures POR AÍ...:)) Na bela Polinésia Francesa!!!

27 de junho de 2013

Carry on

Depois destas férias é com esta no ouvido e com este sentimento...Carry on!!
 
 
Algures POR AÍ... :))
 

23 de maio de 2013

Até Sábado...

Espero chegar e ver-te com um sorriso de quem já fez umas destas!!!!

Lindo
Algures POR AÍ... :))